A respeito do tratamento de homógrafos nos tesauros, considere:

I. A sua distinção é um meio de promover representações consistentes, tanto na entrada (indexação), quanto na saída (busca).

II. Embora na língua geral o fenômeno não ocorra, na área técnica ele é mais frequente do que se imagina.

III. Em geral, é possível distinguir significados diferentes com o emprego de um qualificador entre parênteses, sem necessidade de toda uma nota explicativa.

IV. O qualificador, entretanto, não é parte integrante do descritor.

V. Consideram-se os termos em questão como descritores, com uma entrada para cada um deles, es tabelecendo- se uma relação associativa.

Está correto o que se afirma APENAS em

  • A. II, III e IV.
  • B. I e III.
  • C. I, IV e V.
  • D. II e V.
  • E. III, IV e V.