Biologia Biologia Celular

O corpo humano representa um sistema aberto, trocando matéria e energia com o ambiente por meio de numerosas e complexas reações. Quando essa interação envolve substâncias tóxicas no ambiente de trabalho, configura-se a área de conhecimento da Toxicologia Industrial, em que

  • A.

    compreende-se a fase toxicodinâmica dos efeitos das substâncias tóxicas no organismo como aquela que inclui dois grupos distintos de processos: aqueles de distribuição, que envolvem a absorção, transporte, acumulação e excreção e outros de biotransformação, configurados pelas alterações metabólicas das substâncias tóxicas.

  • B.

    o estudo da interação com os sabões, detergentes e outros solventes orgânicos permitiu classificar tais substâncias como irritantes primários absolutos, que determinam ação lesiva do tipo corrosiva, levando à necrose os tecidos da epiderme em um tempo relativamente curto.

  • C.

    se estuda os diversos mecanismos de desintoxicação do organismo, como a redução, muito mais comum que a oxidação, que é responsável pela biotransformação de vários xenobióticos orgânicos, como alcoóis para aldeídos e a redução de compostos orgânicos mediante adição de átomos de hidrogênio.

  • D.

    a identificação de enzimas específicas para a metabolização de substâncias tóxicas explica sua elevada seletividade e consequente capacidade de metabolizar tais xenobióticos, neutralizando-os e até destruindo-os por meio de mecanismos como a combinação direta, a inibição competitiva e a síntese letal.

  • E.

    a difusão passiva é considerada como o principal mecanismo utilizado pelas substâncias químicas para atravessar as membranas celulares, sendo sua taxa proporcional ao gradiente de concentração através da membrana, da espessura da membrana, da área para difusão e de uma constante para o processo.