Biologia Biologia Celular Bioquímica

Texto para as questões de 36 a 42 

 

De acordo com dados epidemiológicos recentes, cerca de 8% da população brasileira entre 30 e 69 anos de idade é portadora de diabetes. Esse índice aumenta para 17% para os brasileiros com mais de 60 anos de idade. Como uma significativa proporção de diabéticos do tipo 2 é formada por assintomáticos ou oligossintomáticos, o diagnóstico da doença é, em geral, feito tardiamente. Assim, complicações macro e microvasculares estão freqüentemente presentes quando se detecta a hiperglicemia. Entre as alterações microvasculares, a retinopatia e a nefropatia constituem as principais causas de perda visual e de diálise. A neuropatia periférica e o comprometimento vascular periférico causado pela macroangiopatia e o surgimento de infecções favorecem o aparecimento de úlceras do chamado pé diabético.

Ainda considerando o texto e também as possíveis infecções em indivíduos diabéticos e os diversos testes para identificação de microrganismos, assinale a opção correta.

  • A.

    A prova de betagalactosidase identifica organismos capazes de hidrolisar lactose, produzindo glicose e galactose.

  • B.

    O teste da produção de catalase deve ser realizado em meio de cultura ágar-sangue.

  • C.

    O teste da coagulase é positivo quando se observa a formação de bolhas no meio de cultura ágar-ágar.

  • D.

    A prova de fermentação de açúcares, utilizada para classificar microrganismos aeróbicos, usa acetil-CoA como fonte de carbonos.

  • E.

    A prova de fenilalanina desaminase avalia a capacidade de consumo de lipídios por microrganismos.