Biologia Biologia Celular Citologia

A composição química da membrana plasmática e dos componentes intracelulares é um importante fator para a manutenção das condições fisiológicas adequadas ao bom desempenho dos processos vitais da célula, tais como permeabilidade, síntese de substâncias, excreção e regulação osmótica. Acerca do assunto, assinale a alternativa INCORRETA.

  • A.

    Os principais lipídeos da membrana plasmática são os glicerofosfolipídeos, os esfingolipídeos e o colesterol, sendo este último importante para a manutenção da fluidez da membrana.

  • B.

    No interior da célula, o cátion mais abundante é o potássio, e o ânion mais abundante é o bicarbonato, enquanto que nos fluidos extracelulares predominam os íons sódio e cloreto.

  • C.

    Os carboidratos variáveis dos glicolipídeos da superfície da célula podem funcionar como marcadores de reconhecimento celular. A determinação dos grupos sangüíneos ABO e alguns sítios de ligação para vírus e toxinas bacterianas são exemplos disso.

  • D.

    Os lisossomos são organelas intracelulares que contêm enzimas, como as catepsinas (proteases). O pH ótimo para a ação das hidrolases – 5,5 – é mantido por ATPases vesiculares que bombeiam prótons ativamente para dentro do lisossomo.

  • E.

    As partículas dispersas no citoplasma, tais como lisossomos, grânulos de glicogênio e ribossomos, são solúveis em meio aquoso devido às cargas elétricas iônicas negativas em suas superfícies, e permanecem dispersas devido à repulsão mútua de cargas.