Biologia Ecologia

A largura da borda de um fragmento florestal é um dado vital para o planejamento, legislação e manejo de paisagens. Em 1998 foi realizado um estudo de bordas no norte do Paraná, uma paisagem homogênea do ponto de vista ambiental (solo, clima, altitude) e de histórico de perturbação. Foram avaliadas 49 bordas em 19 fragmentos de 0,4 a 650 hectares. Os resultados são apresentados nas figuras abaixo.

Os resultados indicam que nos parâmetros analisados

  • A.

    quanto mais distante da borda, menor o efeito de borda.

  • B.

    não há um padrão detectável entre a borda e o interior do fragmento.

  • C.

    as bordas influenciam todo o fragmento.

  • D.

    há homogeneidade até a distância de 35 metros da borda.

  • E.

    há efeitos detectáveis até 35 metros de distância da borda.