Biologia Biologia Celular Genética

O estudo da variabilidade das seqüências de DNA mitocondrial (mtDNA) de quatro populações de morcegos morfologicamente semelhantes, com distribuição geográfica distinta, detectou 16 haplótipos diferentes (nomeados de A a P). As mesmas populações foram estudadas para um conjunto de marcadores genéticos localizados muito próximos entre si dentro de um único gene autossômico: 15 haplótipos distintos (numerados de 1 a 15) foram identificados. Os resultados obtidos desses estudos estão esquematizados abaixo.

A distribuição geográfica dos haplótipos permite formular a hipótese de que entre as quatro populações de morcegos

  • A.

    ocorre dispersão dos machos dessa espécie.

  • B.

    não há fluxo gênico e, portanto, devem constituir quatro espécies diferentes.

  • C.

    ocorre dispersão das fêmeas dessa espécie.

  • D.

    há um padrão que sugere a existência de duas espécies.

  • E.

    ocorre dispersão de machos e fêmeas dessa espécie.