Biologia Biologia Celular Genética

A análise do DNA para determinação de paternidade é feita

  • A.

    com o auxílio da técnica de PCR, que consiste na amplificação do DNA in vitro, baseada no processo de replicação.

  • B.

    na ausência do pai, por meio da análise do material genético de outro parente próximo, já que o grau de confiança do resultado depende apenas do número de indivíduos analisados.

  • C.

    pela extração do DNA da ossada, procedimento mais barato e eficaz nos casos de morte do pai, mas que depende de uma quantidade suficiente e de um adequado estado de conservação do material.

  • D.

    utilizando-se como ponto de partida os alelos presentes na mãe biológica, já que ambos os alelos de cada par cromossômico do filho devem necessariamente coincidir com os dela.

  • E.

    por meio da exclusão dos polimorfismos, o que torna possível determinar as relações de vínculo genético entre duas pessoas.