Biologia Biologia Animal Parasitologia

A esquistossomose ocorre em várias partes do mundo, principalmente na região do Oriente próximo (Israel, Arábia Saudita, Iêmen, Irã e Iraque), grande parte da África, Antilhas (Porto Rico e República Dominicana) e América do Sul (Venezuela e Brasil). No Brasil, onde é conhecida também pelos nomes de xistosa, doença-do-caramujo e barriga-d'água, apresenta uma ampla distribuição, atingindo os estados do Norte (Pará e Rondônia), todo o Nordeste e o Sudeste, a região Sul (Paraná e Santa Catarina) e o Centro-Oeste (Goiás e Distrito Federal). Assinale a alternativa que explica a relação dessa doença com a água.

  • A.

    O homem doente elimina ovos do verme Schistosoma mansoni juntamente com as fezes. Em contato com a água, os ovos rompem-se, libertando miracídios, que são ingeridos por caramujos, onde se transformam em cercarias, que contaminam a água que pode ser ingerida pelo homem.

  • B.

    O homem doente elimina ovos do verme Schistosoma mansoni juntamente com as fezes. Em contato com a água, os ovos rompem-se e libertam cercárias que são ingeridas por caramujos, os quais defecam na água, contaminando-a.

  • C.

    O homem doente elimina as cercárias de Schistosoma mansoni juntamente com as fezes. Em contato com a água, elas nadam ativamente e penetram em caramujos, onde se transformam em cistos que são posteriormente ingeridos pelo homem.

  • D.

    O homem doente elimina ovos do verme Schistosoma mansoni juntamente com as fezes. Em contato com a água, os ovos rompem-se e libertam miracídios, que nadam ativamente e penetram em caramujos, onde se transformam em cercárias, as quais nadam ativamente e penetram na pele das pessoas.

  • E.

    O homem doente elimina as cercárias de Schistosoma mansoni juntamente com as fezes. Em contato com a água, elas penetram em caramujos, onde se transformam em miracídios, que nadam ativamente e penetram na pele das pessoas.