Biologia Metodologia Científica Práticas Laborais

Os principais diagnósticos diferenciais da lesão intraepitelial escamosa de baixo grau são:
  • A.

    células escamosas reativas, pseudocoilócitos, células endocervicais reativas e ASCUS.

  • B.

    atrofia e metaplasia escamosa.

  • C.

    atrofia e metaplasia transicional.

  • D.

    células escamosas reativas, pseudocoilócitos, ASCUS e metaplasia escamosa.

  • E.

    células escamosas reativas, ASCUS e metaplasia escamosa.