Biologia Metodologia Científica Práticas Laborais

O primeiro microscópio eletrônico desenvolvido por Ruska e Knoll, em 1931, apesar de permitir um aumento de apenas 400 vezes, abriu as portas para um novo modelo de análise estrutural. Tanto a microscopia eletrônica de transmissão (MET) quanto a microscopia eletrônica de varredura (MEV) tiveram origem na mesma década. Modelos mais recentes, que ampliam a imagem até 2 milhões de vezes, ainda utilizam princípios baseados no protótipo de Ruska e Knoll. As diversas aplicações da técnica, como a análise de microrganismos, arranjos macromoleculares, biópsias médicas, metais, estruturas cristalinas etc., levaram ao desenvolvimento de vários métodos de preparo de amostras, adequados a cada aplicação. Considerando as características dos diversos tipos de microscopia eletrônica e o preparo de amostras, julgue os itens que se seguem.

Em espécimes mais espessos, fixados por imersão, as melhores camadas para análise por MET são as mais internas, que foram expostas mais lentamente ao fixador.

  • C. Certo
  • E. Errado