Biologia Meio Ambiente Recursos Hídricos

Para o tratamento do esgoto, a SABESP pode adotar diferentes procedimentos, dependendo do tipo de situação ou necessidade. A lagoa de maturação é um procedimento que possibilita a complementação de qualquer outro sistema de tratamento de esgoto. Isto é possível porque este procedimento se caracteriza por
  • A. ser um sistema fechado no qual a decomposição da matéria orgânica é feita por micro-organismos anaeróbios. O esgoto sai pela parte de baixo, passando pela camada de lodo que atua como um filtro.
  • B. ser um processo de desinfecção parcial, graças a sua profundidade que pode chegar a 4,0 metros. Este processo é mantido por aeradores que garantem a presença de oxigênio, além de manter os sólidos bem separados do líquido.
  • C. misturar condições aeróbias e anaeróbias. Condições aeróbias são mantidas nas camadas superiores, e as condições anaeróbias predominam nas camadas mais profundas que variam entre 1,5 a 3,0 metros.
  • D. reduzir a penetração de luz nas camadas inferiores, devido à profundidade, entre 3,0 a 5,0 metros. A fim de que o oxigênio consumido seja várias vezes maior que o produzido, recebe uma carga elevada de matéria orgânica.
  • E. ser um processo de desinfecção, graças a sua baixa profundidade, de 0,5 a 2,5 metros, o que permite a remoção de bactérias e vírus de forma mais eficiente devido à ação da radiação ultravioleta presente na luz solar.