Biologia Biologia Animal Zoologia Invertebrados

Lucas, garoto muito aplicado no estudo de Ciências, foi passar alguns dias num sítio. Chegando lá, começou a relacionar algumas ordens de artrópodes, para, posteriormente, comentar em casa com seus pais e suas irmãs. Inicialmente, ele viu alguns ortópteros e tisanuros nos livros guardados num armário. Em seguida, observou vários lepidópteros sobre as flores do quintal assim como alguns dípteros pousados sobres os frutos caídos no chão. Percebeu também muitos himenópteros em direção a um tronco que abrigava diversos isópteros. Ouviu o chamado de tigresa que o identificava pelo seu cheiro macio e acolhedor, estando ela com alguns sifonápteros. Ele decidiu, então, encurtar o caminho e, passando próximo à lagoa, observou odonatos riscando a água num bailado perfeito. Já era fim de tarde, quase anoitecendo, ele pôde ainda escutar alguns homópteros que estavam numa jaqueira, na entrada do galinheiro. Na relva, percebeu vários coleópteros que pareciam convidar para um anoitecer tranqüilo. Por fim, e, agrupando em seqüência, o que esse menino relacionou foram

  • A.

    grilos, baratas, mariposas, mosquitos, abelhas, gafanhotos, percevejos, borboletas, pulgões e besouros.

  • B.

    cupins, traças, louva-a-deus, moscas, térmitas, grilos, barbeiros, mariposas, cigarras e libélulas.

  • C.

    formigas, moscas, vaga-lumes, vespas, mariposas, carrapatos, pulgas d'água, besouros, pulgões e pernilongos.

  • D.

    gafanhotos, cupins, libélulas, mosquitos, maribondos, abelhas, piolhos, baratas d'água, besouros e grilos.

  • E.

    baratas, traças, borboletas, moscas, formigas, cupins, pulgas, libélulas, cigarras e vaga-lumes.