Biologia Biologia Animal Zoologia Vertebrados

A diversidade dos mamíferos na Era Cenozoica pode ser melhor compreendida no contexto das alterações de padrões da biogeografia. A distribuição de alguns grupos de mamíferos reflete a vicariância, como a dos motrotremados na Austrália. Outros padrões de distribuição refletem a dispersão, tais como ocorreu na Grande Troca Interamericana, quando diversos mamíferos percorreram as Américas após o estabelecimento de uma ponte de terra no Panamá, entre as Américas do Sul e do Norte no Plioceno. Sobre a biogeografia de mamíferos da Era Cenozoica, é correto afirmar que:

  • A.

    A presença de marsupiais na Austrália aparentemente representa a vicariância, desde a América do Sul, por meio da Antártica, no início da Era Cenozoica.

  • B.

    Parte da diferença quanto à distribuição dos mamíferos atuais resulta da biogeografia de dispersão, ou seja, os animais são carregados, passivamente, sobre as massas de terra em movimento.

  • C.

    Outros padrões de distribuição dos mamíferos podem ser explicados pela vicariância, a qual reflete os movimentos dos próprios animais, geralmente por meio de movimento de populações.

  • D.

    A radiação dos mamíferos ocorreu durante o fracionamento das massas continentais, quando estoques distintos foram isolados em continentes diferentes.

  • E.

    A dispersão pode produzir radiações, mas não ocasiona extinções.