Os cientistas e filósofos da atualidade discutem as relações entre os estados mental e físico do cérebro. Questionam se a dicotomia mente versus cérebro reflete diferenças reais do mundo externo ou se seria o produto de diferentes histórias intelectuais. Isso porque

  • A.

    o dualismo cartesiano deixou suas marcas na medicina, mas elas estão superadas pelo paralelismo psicológico.

  • B.

    os processos que denominamos mentais e cerebrais devem estar ligados de alguma forma com linguagens diferentes que precisamos traduzir.

  • C.

    a linguagem cerebral causa a linguagem mental, como sugeria o dualismo cartesiano, pois são duas coisas diferentes.

  • D.

    a alma foi assoprada para dentro do corpo humano material e ligada a ele por meio de um órgão localizado no cérebro, a glândula pineal.

  • E.

    os experimentos de Pavlov e Skinner demonstraram que aprendizado e memória são rotas definidas no cérebro.