Segundo Peter Agleton, consultor da UNAIDS, as escolas foram identificadas como ambientes-chave para realizar a educação relacionada ao HIV e à AIDS mas, para isso, é preciso superar alguns preconceitos como, por exemplo, o seguinte:

  • A.

    os jovens não estão dispostos a conhecer preservativos.

  • B.

    os jovens constituem um grupo refratário a novos conhecimentos.

  • C.

    educar os jovens sobre sexo encoraja a atividade sexual.

  • D.

    a informação sobre o uso de preservativos garante que serão usados.

  • E.

    os professores não estão preparados para informar sobre HIV e AIDS.