Os estudos relacionados aos impactos do fogo no cerrado têm permitido compreender melhor o próprio ecossistema, além de fornecerem bases científicas para o uso racional do fogo. Muitos desses estudos têm utilizado sítios experimentais com queimada planejada, para se avaliar os efeitos da periodicidade e da intensidade do fogo, tanto na flora como na fauna. Em estudo a respeito do impacto do fogo na floração de orquidáceas, coletas e observações foram realizadas por um período de oito meses, concluindo-se que o fogo pode ser um fator de indução de floração em algumas espécies de orquídeas do cerrado. Em outro estudo, a respeito do efeito das queimadas na fauna de lagartos, em que se registrou a freqüência de lagartos também por oito meses, concluiuse que menos de um terço das espécies estudadas podem ser apontadas como resistentes às queimadas, pois a maioria delas desapareceu dos sítios avaliados após as queimadas. Com base nessas informações, julgue os itens que se seguem.

No estudo a respeito do efeito do fogo na floração de orquidáceas, os espécimes coletados devem ser prensados para a sua identificação.

  • C. Certo
  • E. Errado