A Reserva da Biosfera é um modelo, adotado internacionalmente pelo Brasil, sendo de gestão integrada, participativa e sustentável dos recursos naturais. A Reserva da Biosfera é constituída por:
  • A. Uma ou várias zonas de transição, sem limites rígidos, onde o processo de ocupação e o manejo dos recursos naturais são planejados e conduzidos de modo participativo e em bases sustentáveis.
  • B. Áreas de transição onde é possibilitada a introdução de espécies não autóctones nas unidades de conservação como forma de compensação ambiental.
  • C. Áreas específicas e selecionadas por órgãos ambientais competentes, onde há necessidade de isolamento reprodutivo de organismos geneticamente modificados em relação aos seus ancestrais diretos e parentes silvestres.
  • D. Regulamentações contrárias às prescrições de unidades de conservação que autorizam estudos técnicos e de consulta pública que permitam identificar a localização, a dimensão e os limites da flora e fauna locais.