Em um experimento clássico para a análise do controle genético da coloração dos frutos de determinada angiosperma foi encontrado, em uma numerosa progênie F2, a proporção fenotípica de 12 frutos de coloração amarela; 3 frutos de coloração alaranjada e 1 fruto de coloração verde-escura. Considerando que esta proporção é oriunda de uma grande população de um experimento bem delineado e conduzido, ou seja, livre de erros experimentais, analise as seguintes conclusões a respeito do controle genético para a coloração do fruto dessa angiosperma e assinale a alternativa adequada ao caso:
  • A. A característica é condicionada por dois alelos de um gene, existindo relação de codominância entre os alelos.
  • B. A coloração do fruto é uma característica controlada por dois genes, onde se verifica a interação do tipo epistasia dominante entre os genes envolvidos.
  • C. A característica é condicionada pela interação de dois genes, exemplificando um caso de epistasia recessiva.
  • D. O controle genético identificado neste experimento é caracterizado pela interação de dois genes, fenômeno conhecido por pleiotropia.
  • E. Dois genes controlam a característica, com pleiotropia de um dos genes sobre o segundo.