Em um mundo em que o desenvolvimento científico está por toda parte, o ensino de Ciências deve propor situações-problema e trabalhos que gerem reflexão, permitam participação ativa e tenham relação com o dia-a-dia. Analise a seguir as quatro situações didáticas essenciais ao ensino e aprendizagem de Ciências:

I – Observação: é a análise de um experimento com a mediação do educador, deve ser proposta sempre que houver uma investigação desenvolvida em aula. Dessa forma o aluno aprende, além de conteúdos tradicionais, a observar fenômenos, elaborar hipóteses e organizar dados.

II – Experimentação: é a investigação para relacionar o saber científico ao dos alunos. A experimentação proporciona a manipulação de experimentos, relacionando novos conhecimentos com aqueles já aprendidos e propõem a resolução de problemas.

III – Pesquisas de textos: O professor cria uma oportunidade que gere dúvidas sobre um tema. Depois de todos revelarem suas concepções em conversas, desenhos e textos, ele indica a consulta a textos científicos. Assim, os alunos exercitam a compreensão de textos, aprofunda conhecimentos e informações sobre os conteúdos.

IV – Leitura e escrita sobre Ciências: Busca por respostas para a resolução de problemas em livros, revistas, jornais e internet. A atividade não é produtiva se for atrelada apenas à coleta de dados. Nesse tipo de proposta a criança aprende, além dos conteúdos relacionados, a trabalhar com obras de caráter científico e a ter maior autonomia na aprendizagem.

Podem ser assinaladas como CORRETAS:

  • A. Apenas as afirmativas II e IV.
  • B. Apenas as afirmativas I e II.
  • C. Apenas as afirmativas III e IV.
  • D. Nenhuma das afirmativas.