Muitos dos problemas que impedem a expressão normal da fertilidade de um casal não encontram ainda solução. Nesses casos, os processos de reprodução assistida oferecem a possibilidade de transpor o obstáculo permitindo a ocorrência de gravidez. Em relação aos processos de reprodução assistida, pode-se afirmar que:

  • A.

    Processos homólogos são aqueles em que pelo menos um dos cônjuges é capaz de produzir o gameta, oócito ou espermatozóide.

  • B.

    A existência de oócitos pode ser garantida para qualquer paciente, por meio da estimulação controlada dos ovários, ainda que isso não seja garantia de fertilidade.

  • C.

    Processos heterólogos são aqueles em que não estão disponíveis oócitos e/ou espermatozóides, exigindo um doador de gameta, masculino ou feminino, ou de ambos.

  • D.

    Processos heterólogos são aqueles em que a fertilização é realizada "in vitro" e a gestação é realizada por uma doadora temporária de útero (barriga de aluguel).