A maior dificuldade na clonagem de um gene que é a identificação dos clones que contêm o DNA de interesse, pode ser resolvida utilizando-se técnicas de hibridização dos ácidos nucléicos, nas quais moléculas de DNA e de RNA formam compostos fita dupla estáveis através do pareamento de bases. Em relação à hibridização de sondas em DNAs alvo, é correto afirmar que:

  • A.

    Em condições de estringência severas, com altas temperaturas, ou com baixa concentração de sais, não ocorre pareamento de bases, mesmo que as seqüências sejam perfeitamente complementares.

  • B.

    Para que ocorra hibridização, ou pareamento, as sondas utilizadas devem ser perfeitamente complementares, independentemente do grau de estringência utilizados.

  • C.

    Na hibridização de colônias de bactérias, em meio de cultura sólido, as bactérias são tratadas com álcali por 5 minutos. Em seguida, acrescenta-se à superfície do meio, as sondas marcadas com radioativaidade e incuba-se para que haja hibridização.

  • D.

    O relaxamento nas condições de estringência pode levar a imperfeições no pareamento entre as fitas. Embora haja perda da especificidade, esse procedimento permite detectar seqüências parcialmente similares.