No laboratório, pode-se separar as duas cadeias da molécula de DNA por calor, num processo reversível denominado de desnaturação. Ao se abaixar a temperatura gradualmente, a re-associação das cadeias do DNA é muito mais rápida se acrescentarmos NaCl à solução contendo o DNA desnaturado. Esse efeito do NaCl favorecendo a renaturação do DNA deve-se:
  • A. ao rompimento das pontes de hidrogênio entre as bases aminadas do DNA por aumento da força iônica;
  • B. ao aumento das interações hidrofóbicas entre as cadeias complementares do DNA;
  • C. à inibição de nucleases que degradam o DNA pelos íons Cl- ;
  • D. à inversão do sentido anti-paralelo das cadeias complementares pelo sal;
  • E. ao bloqueio das cargas negativas do ácido fosfórico pelos cátions Na+ .