Ciência da Computação Arquitetura de Computadores

Em 1991, a associação EIA/TIA (Electronic Industries Association / Telecommunications Industry Association) propôs a primeira versão de uma norma de padronização de fios e cabos para telecomunicações em prédios comerciais, denominada de EIA/TIA-568 cujo objetivo básico era:

 

I - Implementar um padrão genérico de cabeamento de telecomunicações a ser seguido por fornecedores diferentes;

II - Estruturar um sistema de cabeamento intra e inter predial, com produtos de fornecedores distintos;

III - Estabelecer critérios técnicos de desempenho para sistemas distintos de cabeamento.

 

O comprimento máximo para o Cabeamento Horizontal, definido na norma EIA/TIA 568A, é de 90 metros, independente do meio de transmissão utilizado. Qual das opções abaixo atende a norma EIA/TIA 568A hoje?

  • A.

    Cabo com quatro pares de fios UTP de 100 Ohms.

  • B.

    Cabo com dois pares de fios STP de 115 Ohms.

  • C.

    Cabo coaxial de 37 Ohms com impedância de 3,4.

  • D.

    Cabo com duas fibras óticas multimodo de 37,3/62,2mm.

  • E.

    Cabo com dois pares STP de 95 Ohms.