Ciência da Computação Arquitetura de Computadores

Para fazer uma cópia de segurança é necessário tomar duas decisões: que programa e que meio de armazenamento usar. Em relação ao meio de armazenamento, considere: I. A máquina deve possuir um gravador de discos deste padrão, mas mesmo usando discos de maior capacidade disponíveis no mercado, a cópia de segurança poderá resultar em uma pilha de discos e consumirá um tempo considerável, já que não é possível automatizar o procedimento. II. Usando unidades do tipo flash, há a vantagem de poderem ser reutilizados, mas seria necessário manter, pelo menos, 2 conjuntos e fazer cópias sucessivas alternando os conjuntos. Têm custo baixo e permitem que as cópias de segurança sejam armazenadas longe do computador. Não é possível criar uma imagem do sistema em uma unidade destas nem automatizar os procedimentos. III. São seguros e existem unidades de grande capacidade a preços bastante acessíveis. Uma unidade destas pode garantir a preservação dos dados em caráter quase permanente. O quase se refere ao fato de que são dispositivos mecânicos que podem eventualmente apresentar defeitos. Os meios de armazenamento I, II e III são compatíveis, respectivamente, com as seguintes mídias:
  • A. discos ópticos HD DVD (50GB) − pen drives IDE − discos rígidos internos.
  • B. discos ópticos CD+RW (20GB) − cartões de memória SATA − discos rígidos externos.
  • C. discos ópticos HD Blu Ray (100GB) − cartões de memória XHD − discos rígidos firewire.
  • D. discos ópticos Blu Ray (50GB) − pen drives ou cartões de memória − discos rígidos internos ou externos.
  • E. discos ópticos DVD+RW (50GB) − cartões de memória DHC − discos rígidos externos SATA ou discos rígidos internos IDE.