Ciência da Computação Software Engenharia de Software

A XP (Extreme Programming) é baseada em um conjunto de regras, também conhecidas como best practices. Nesse aspecto, analise:

I. The Customer is Always Available: Na XP todas as decisões sobre o rumo do projeto devem ser tomadas pelo cliente. Ele deve priorizar as tarefas, ser responsável pelos testes de aceitação, e, acima de tudo, orientar e tirar dúvidas dos desenvolvedores durante o processo de programação.

II. A técnica de Continuous Integration diz que o código desenvolvido por cada par de desenvolvedores deve ser integrado ao código base constantemente. Quanto menor o intervalo entre cada integração, menor a diferença entre os códigos desenvolvidos e maior a probabilidade de identificação de erros, pois cada vez que o código é integrado, todos os unit tests devem ser executados, e, se algum deles falhar, é porque o código recém integrado foi o responsável por inserir erro no sistema.

III. Pair Programming – na XP todo o código deve ser produzido por duas pessoas utilizando o mesmo computador. Enquanto um dos parceiros se preocupa com detalhes da implementação, ficando responsável pela digitação do código, o outro deve tentar ter uma visão mais ampla da rotina, imaginando as suas peculiaridades.

IV. Collective Code Ownership – O código deve ser de propriedade de todos e todos devem ter permissão para alterar o que for necessário para que seu trabalho possa ser desenvolvido e, também, para se evitar atrasos no desenvolvimento, devido à necessidade de alterações nas rotinas.

É correto o que consta em

  • A. I e II, apenas.
  • B. II e III, apenas.
  • C. II, III e IV, apenas.
  • D. III e IV, apenas.
  • E. I, II, III e IV.