Ciência da Computação Segurança da Informação Malware e Spyware

Em relação a vírus e malwares, é INCORRETO afirmar:

  • A.

    É comum pessoas chamarem de vírus todo e qualquer programa com fins maliciosos, mas o termo malware é a denominação mais adequada. Vírus é um programa ou parte de um programa, normalmente malicioso, que se propaga inserindo cópias de si mesmo e se tornando parte de outros programas e arquivos.

  • B.

    Os vírus não conseguem infectar os telefones celulares, pois são apenas os worms que conseguem se propagar de celular para celular por meio do bluetooth ou de mensagens SMS (torpedos). Após infectar o celular, o worm pode destruir ou sobrescrever arquivos, remover ou transmitir contatos da agenda, efetuar ligações telefônicas e drenar a carga da bateria.

  • C.

    Para que possa se tornar ativo e dar continuidade ao processo de infecção, o vírus depende da execução do programa ou arquivo hospedeiro, ou seja, para que o computador ou o dispositivo seja infectado é preciso que um programa, já infectado, seja nele executado.

  • D.

    Os meios de propagação de vírus mais comuns são os e-mails e as mídias removíveis, principalmente os pen-drives. Mas também existem vírus de macro, que tentam infectar arquivos do Microsoft Office, por exemplo, vírus escritos em linguagem de script, dentre outros.

  • E.

    Alguns vírus procuram permanecer ocultos, infectando arquivos do disco e executando uma série de atividades sem o conhecimento do usuário. Há outros que permanecem inativos durante certos períodos, entrando em atividade apenas em datas específicas.