Num sistema computacional onde exista a memória virtual, a troca excessiva de páginas é algo indesejável. Em tese, é possível escrever um programa que leia sistematicamente todas as suas páginas em um determinado espaço de endereçamento, causando um número elevado de troca de páginas, quando não for possível armazenar todas as páginas do programa na memória principal. Na prática isso não ocorre, pois os programas, em geral, apresentam uma propriedade que diz: "durante qualquer uma das fases da sua execução, o programa só vai referenciar uma parte relativamente pequena das páginas do seu espaço de endereçamento".

A propriedade mencionada acima é denominada de

  • A.

    swapping.

  • B.

    thrashing.

  • C.

    conjunto de trabalho.

  • D.

    segmentação de páginas.

  • E.

    localidade de referências.