Fornece meios de definir a estrutura de um elemento e de focalizá-la no detalhe, na construção e em relacionamentos internos. É um dos diagramas propostos na UML 2.0, próprio para detalhar elementos de modelagem estrutural, descrevendo sua estrutura interna. Introduz a noção de port, um ponto de conexão do elemento modelado, a quem podem ser associadas interfaces. Também utiliza a noção de “colaboração”, que consiste em um conjunto de elementos interligados através de ports para a execução de uma funcionalidade específica, útil para a modelagem de padrões de projeto. Trata-se do diagrama de

  • A.

    estrutura composta.

  • B.

    pacotes.

  • C.

    classes.

  • D.

    atividades.

  • E.

    componentes.