No Linux, quando um arquivo é criado, um conjunto inicial de permissões é definido e pode ser alterado pelo usuário que criou o arquivo. Esse conjunto define permissões:
  • A. que afetam somente o usuário dono do arquivo;
  • B. que afetam somente o grupo do usuário dono do arquivo;
  • C. que afetam todos os usuários, exceto o dono e o grupo do usuário dono do arquivo;
  • D. que afetam somente durante a criação do arquivo;
  • E. de acessos para o usuário dono do arquivo, para o grupo do usuário e para outros usuários.