Quando da execução de um trigger DML no MS SQL Server, os registros afetados pelas operações deflagradoras ficam acessíveis por meio das tabelas conceituais denominadas:
  • A. before e after;
  • B. new e old;
  • C. kept e changed;
  • D. inserted e deleted;
  • E. table_in e table_out.