“Nos bancos de dados relacionais, os dados são armazenados em tabelas. Um banco de dados Oracle tem uma estrutura física e lógica. Uma vez que tais estruturas são separadas no servidor, o armazenamento físico dos dados pode ser gerenciado, de modo a não afetar o acesso às estruturas lógicas de armazenamento. A estrutura lógica do Oracle é determinada por um ou mais tablespaces – que são espaços lógicos do armazenamento – e pelos objetos de esquema do banco de dados. Para agilizar o acesso às linhas de uma tabela, o Oracle usa o conceito de índices, semelhante aos encontrados em livros, que é uma estrutura opcional associada com tabelas e clusters que permite a execução mais rápida de comandos SQL. O Oracle possui diversos tipos de índices que oferecem vantagens para determinados tipos de aplicações. Um desses índices é compacto e trabalha melhor com colunas com pouca variação de conteúdo.” Trata‐se do
  • A. B‐tree indexes.
  • B. Bitmap indexes.
  • C. Reverse Key indexes.
  • D. B‐tree cluster indexes.
  • E. Global and local indexes.