As organizações cada vez mais se tornam dependentes da internet. Basicamente, todos os serviços são feitos com a utilização da internet, além da construção de ambientes corporativos que levam a uma preocupação generalizada com a segurança. Para garantir a segurança ou minimizar os riscos dentro das organizações, a utilização de um bloqueio, como o firewall, por exemplo, é estritamente necessária. Sabe‐se que não se consegue total segurança, mas com proteção bem configurada, a tendência é uma diminuição dos problemas. Firewalls podem ser classificados em três categorias/tecnologias: filtro de pacotes (static packet filter), proxy (application level gateway e circuit level gateway), ou filtro de pacotes baseados em estados (dynamic packet filter, stateful packet filter). Todos apresentam suas vantagens e desvantagens. São consideradas vantagens da tecnologia Proxy, EXCETO:
  • A. Aceita autenticação do usuário.
  • B. Baixo overhead/alto desempenho da rede.
  • C. Permite criar logs do tráfego e de atividades específicas.
  • D. Analisa comandos da aplicação no payload dos pacotes de dados.
  • E. Não permite conexões diretas entre hosts internos e hosts externos.