Assim como existe um sistema operacional de rede, em que paga‐se uma licença para utilizá‐lo, há softwares livres, por exemplo: Debian, Ubuntu, entre outros. Muitas vezes, ao se optar pela utilização de uma distribuição Linux, pode ser necessário efetuar algum pagamento, em função do serviço prestado, e não referente a licenciamento de software, pois o Linux não necessita de licença. Entender e saber configurar os recursos necessários torna a administração do sistema mais tranquila. Existem diversos diretórios e subdiretórios que contêm arquivos de configurações que são muito úteis para a administração de um sistema Linux. Em um desses diretórios, todos os arquivos nele contidos são copiados automaticamente para o diretório inicial do usuário quando este é adicionado ao sistema. Trata‐se de:
  • A. /etc/skel
  • B. /etc/init.d
  • C. /etc/default
  • D. /etc/default