A figura acima apresenta a estrutura geral da evolução de esforço ou da ênfase da produção de um software durante o desenvolvimento de várias disciplinas típicas do processo unificado, nomeadas de D1 a D6. As diversas fases e iterações do processo unificado estão identificadas ao longo da horizontal superior do diagrama da figura. As disciplinas de D1 a D6 não estão dispostas conforme a ordem natural na qual são usualmente apresentadas no processo unificado. A partir dessas informações, julgue os itens a seguir, sabendo que as seis disciplinas efetivamente propostas no diagrama mostrado na figura são: modelagem de negócios (business modeling); requisitos (requirements); análise e projeto (analysis and design); implementação (implementation); teste (test); e implantação (deployment).

I Uma parte considerável das atividades de D1 depende de D6, mas essa dependência é inversamente proporcional ao conhecimento acerca do domínio da aplicação a ser desenvolvida.

II D3 deve seu comportamento periódico ao alto grau de independência que suas atividades apresentam relativamente a artefatos integrados.

III Para que se alcance o final da fase de elaboração em D4, é necessário transpor um marco que corresponde ao desenvolvimento de uma linha de base da arquitetura que seja executável.

IV Em D5, pode ser intensa a realização de tarefas que envolvam a migração de bases de dados.

V Em D6, são usualmente elaborados casos de uso de negócio, cuja arquitetura é realizada em D2.

Estão certos apenas os itens

  • A. I, II e IV.
  • B. I, II e V.
  • C. I, III e IV.
  • D. II, III e V.
  • E. III, IV e V.