Questões de Concurso de Inflação - Economia

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão 982356

Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares - EBSERH 2018 (2ª edição)

Cargo: Analista Administrativo - Área Economia / Questão 69

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Acerca dos conceitos de teoria econômica, julgue os itens subsequentes. Considerando a relação representada pela curva de Phillips, no curto prazo, supondo uma taxa natural de desemprego de 12,4% e uma taxa de inércia inflacionária de 10%, se o produto reduzir a taxa de desemprego abaixo da sua taxa natural, a consequência será uma redução da taxa de inflação para 4%, como ocorre atualmente no Brasil.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 963113

Petrobras 2018

Cargo: Economista Júnior / Questão 26

Banca: Fundação CESGRANRIO (CESGRANRIO)

Nível: Superior

A regra de Taylor é uma das mais conhecidas regras de política monetária dos bancos centrais. Na formulação mais simples, ela pode ser expressa como:

Se as evidências confirmarem que a taxa de inflação efetiva alcança níveis inferiores à meta de inflação, e a taxa de desemprego persiste significativamente acima da taxa natural de desemprego, a regra de Taylor estabelece que, supondo tudo o mais constante, a autoridade monetária deverá

  • A. manter constante a taxa de juros básica.
  • B. reduzir a taxa de juros real natural.
  • C. reduzir a taxa de juros básica.
  • D. aumentar a taxa de juros básica.
  • E. aumentar a taxa de juros real natural.

Questão 972065

Petrobras Transporte S.A (TRANSPETRO) 2018 (2ª edição)

Cargo: Analista Financeiro Júnior / Questão 33

Banca: Fundação CESGRANRIO (CESGRANRIO)

Nível: Superior

De acordo com a metodologia internacionalmente consagrada de contabilização do balanço de pagamentos de um país, ao longo de determinado ano,
  • A. o saldo em conta-corrente corresponde à soma algébrica dos seguintes saldos: balança comercial, balança de serviços, renda primária, renda secundária, conta capital & financeira e erros & omissões.
  • B. o saldo em conta-corrente corresponde à variação das reservas internacionais do país nesse mesmo período.
  • C. o saldo das contas capital e financeira é negativo para um país que registra superávit em conta-corrente, o que equivale a uma redução dos ativos externos líquidos dos residentes dessa economia.
  • D. os pagamentos e recebimentos de amortizações de capital assim como os pagamentos e recebimentos de juros são contabilizados no balanço de pagamentos em conta-corrente.
  • E. um déficit em conta-corrente, considerando-se que o governo tenha operado com um orçamento fiscal equilibrado, significa que os fluxos de investimentos domésticos superaram os fluxos de poupança doméstica ao longo do período.

Questão 984542

Centrais Elétricas de Santa Catarina - SC (CELESC/SC) 2018 (2ª edição)

Cargo: Economista / Questão 22

Banca: Fundação de Estudos e Pesquisas Sócio-Econômicos (FEPESE)

Nível: Superior

Sobre a definição de curva de Phillips, é correto afirmar:
  • A. No argumento original da curva de Phillips a causa da inflação é localizada em choques de oferta.
  • B. Um dos resultados da versão novo Keynesiana da curva de Phillips de longo prazo é que esta é vertical ao nível de taxa de desemprego natural da economia.
  • C. Sob a hipótese de expectativas racionais, uma política monetária expansionista resulta em um dilema permanente entre inflação e desemprego expresso por uma curva de Phillips de longo prazo negativamente inclinada.
  • D. Sob a hipótese de expectativas racionais, uma política monetária expansionista desloca a curva de Phillips de curto prazo para cima e para a direita.
  • E. A versão novo Keynesiana da curva de Phillips é originalmente derivada a partir da curva de oferta de Lucas e sob a hipótese de expectativas racionais.

Questão 915931

Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte - SP (ARTESP/SP) 2017

Cargo: Especialista em Regulação de Transporte I - Área Economia / Questão 57

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

A respeito do hiato inflacionário e do hiato deflacionário é correto afirmar:
  • A. Hiato deflacionário corresponde ao volume da despesa agregada que está acima da renda de pleno emprego.
  • B. A redução dos Gastos do Governo e o aumento da Tributação, dentro da chamada política fiscal, comprimiriam a renda disponível dos indivíduos, bem como seu nível de consumo, reduzindo o hiato deflacionário.
  • C. A elevação dos Gastos do Governo e a redução da Tributação, dentro da chamada política fiscal, ampliariam a renda disponível dos indivíduos, bem como seu nível de consumo, ampliando o hiato deflacionário.
  • D. A criação de moeda estimulada pelas autoridades monetárias, isto é, uma política monetária expansionista, tende a ampliar o hiato inflacionário.
  • E. A destruição de moeda estimulada pelas autoridades monetárias, isto é, uma política monetária contracionista, tende a reduzir o hiato deflacionário.

Questão 902973

Instituto Rio Branco (IRBr) 2017

Cargo: Terceiro Secretário da Carreira de Diplomata / Questão 1

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Considerando os determinantes do crescimento econômico e a experiência recente do Brasil, julgue (C ou E) os itens a seguir. A hipótese de neutralidade da moeda é compatível com uma curva de Phillips vertical, em que tanto expansões fiscais quanto monetárias são incapazes de afetar o nível de produto.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão 877238

Procuradoria Geral do Estado - MT (PGE/MT) 2016 (2ª edição)

Cargo: Analista PGE - Área Economista / Questão 53

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

A versão aceleracionista na Curva de Phillips
  • A. elimina a taxa natural de desemprego.
  • B. aplica os princípios das expectativas racionais.
  • C. impõe um forte trade-off entre inflação e desemprego.
  • D. não leva em consideração a inflação esperada.
  • E. considera que os agentes se antecipam à inflação.

Questão 882980

Assembléia Legislativa - MS 2016

Cargo: Economista / Questão 67

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Na cadeia de reações a uma política monetária expansionista, em um modelo IS-LM-BP com perfeita mobilidade de capital e com regime de câmbio fixo, mas sem capacidade de alterar as taxas de juros internacionais, ocorre
  • A. o inicial deslocamento da curva LM para a esquerda.
  • B. uma elevação das taxas de juros, como decorrência do deslocamento inicial da curva LM.
  • C. uma potencial fuga de capitais, em face da mudança nas taxas de juros internas.
  • D. o ajuste monetário sem impacto nas reservas internacionais.
  • E. a compra de moeda estrangeira do mercado, pelo Banco Central, como resultado do novo patamar de taxas de juros.

Questão 882981

Assembléia Legislativa - MS 2016

Cargo: Economista / Questão 68

Banca: Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível: Superior

Em sua versão com expectativas adaptativas, a Curva de Phillips
  • A. demonstra que o desemprego de curto prazo é sempre igual à taxa natural, como decorrência das constantes adaptações de expectativas dos agentes.
  • B. evidencia, com aplicação do princípio aceleracionista, que, no longo prazo, é possível manter e acelerar o emprego abaixo da taxa natural, sem aumentar a inflação.
  • C. depende das expectativas, que são formadas tomando como fator relevante a política governamental que será anunciada futuramente.
  • D. revela que a manutenção de desemprego abaixo da taxa natural ocorre somente quando os trabalhadores são iludidos quanto às suas expectativas em relação à inflação.
  • E. demonstra que a inflação independe da oferta monetária.

Questão 814805

Tribunal de Contas Estadual - SC (TCE/SC) 2016

Cargo: Auditor Fiscal de Controle Externo - Área Controle Externo - Especialidade: Economia / Questão 69

Banca: Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE)

Nível: Superior

Tendo como referência a clássica relação entre inflação e desemprego e os principais resultados derivados do modelo de oferta e demanda agregadas, julgue os itens subsequentes. Se a curva de Phillips for vertical no longo prazo, o ajuste fiscal gerará como consequência redução do produto e do nível de preços.
  • C. Certo
  • E. Errado