Língua Portuguesa Texto

No fragmento "Quem tem saudade, não está sozinho. Tem o carinho da recordação...", a autora

  • A.

    defende a idéia de que saudade é coisa que não se sente.

  • B.

    afirma que recordar é viver sempre em paz.

  • C.

    argumenta que recordar ameniza a dor de quem sente saudade.

  • D.

    afirma que 'saudade' é coisa que dá e passa.

  • E.

    esclarece que o que é cultivado, vivenciado, cai no esquecimento, gerando a saudade.