Medicina Especialidade Cardiologia

Podemos dizer, quanto à associação de diabetes mellitus e doença coronariana que:

  • A.

    diabéticos que evoluem com morte súbita mostram um maior número de placas ateroescleróticas fissuradas

  • B.

    pacientes com resistência a insulina têm insulinemia acima de 50 micro unidades/ml.

  • C.

    homens diabéticos têm pior prognóstico que mulheres, sendo a mortalidade hospitalar quase duas vezes maior

  • D.

    micro e não-macroalbuminúria é indicativa de maior risco de doença coronariana em diabéticos

  • E.

    o risco de reestenose pós-angioplastia com implante de stent é o mesmo entre os diabéticos e os não diabéticos