Medicina Especialidade Cardiologia

Em relação aos exames subsidiários nas Síndromes Miocárdicas Instáveis (SIMI), podemos considerar.

  • A.

    ECG na admissão e ao menos mais um em até 6 horas; repetir em qualquer mudança de sintomatologia.

  • B.

    Marcadores bioquímicos de dano miocárdico na admissão e 6-9 horas (troponina e CKMB massa preferencialmente).

  • C.

    Ecocardiografia de repouso no sentido de análise de diagnósticos diferenciais e de complicações das SIMIs.

  • D.

    Ergometria nos pacientes considerados de baixo risco (avaliação clínica e ECG) e com marcadores bioquímicos de necrose miocárdica normais, após 9 horas (idealmente 12 horas) de observação (nível ambulatorial).

  • E.

    Todas as anteriores.