Medicina Especialidade Cardiologia

Pacientes com doença coronariana instável e diabetes mellitus representam um grande desafio para o cardiologista. Os resultados a curto, médio e longo prazo são desalentadores. Nas evidências disponíveis, principalmente em relação ao estudo BARI, o melhor tratamento para um diabético com lesões de dois vasos é realizar o seguinte procedimento:

  • A.

    Tratamento clínico.

  • B.

    Intervenção coronária percutânea nos dois vasos.

  • C.

    Cirurgia de revascularização miocárdica.

  • D.

    Intervenção coronária percutânea em um vaso.