Medicina Especialidade Cardiologia

Na doença aterosclerótica acometendo o coração e as artérias carótidas, é CORRETO afirmar que:

  • A.

    o risco de acidente vascular cerebral após a revascularização do miocárdio é 04 vezes maior nos pacientes com antecedentes de isquemia cerebral.

  • B.

    revascularização miocárdica e endarterectomia de carótida, quando combinadas, têm menos riscos, quando comparadas à cirurgia estagiada.

  • C.

    a causa mais frequente de acidente vascular cerebral após a revascularização do miocárdio é a embolização de debris do arco aórtico.

  • D.

    revascularização miocárdica mais angioplastia carotídea combinadas têm indicação adequada apenas aos pacientes com as duas carótidas internas acometidas.

  • E.

    paciente submetido à angioplastia de carótida, quando necessita revascularização do miocárdio, deve aguardar pelo menos 60 dias sem clopidogrel.