Medicina Especialidade Cardiologia

Uma paciente, portadora de insuficiência cardíaca congestiva por cardiopatia dilatada e insuficiência mitral funcional, apresenta os seguintes dados ecodopplercardiográficos: a derivada da pressão pela derivada do tempo (dP/ @ dT -1 ) estimada pelo refluxo mitral foi de 500 mmHg/s, a onda E (mitral) = 1,0m @ s -1 , a onda A (mitral) = 25cm @ s -1 e a onda E’ do doppler tecidual do anel septal da valva mitral igual a 5,0 cm @ s -1 .

Com base nesse caso clínico, julgue os itens a seguir.

Na avaliação da função diastólica, a onda E do fluxo mitral é dependente tanto da pressão do átrio esquerdo quanto do relaxamento ventricular, enquanto a onda E’ do doppler tecidual do anel mitral depende especificamente do relaxamento ventricular e da idade.

  • C. Certo
  • E. Errado