Medicina Especialidade Cardiologia

Uma paciente de 23 anos de idade relata ser portadora de febre reumática desde a infância. Refere-se a sensação de fadiga há 1 ano, ora nos esforços habituais, como carregar 3 a 4 sacolas de compras do supermercado, ora no repouso após um dia exaustivo no trabalho. Ela pratica musculação e caminha em um parque da sua cidade quatro vezes por semana, sem apresentar sintomas cardiovasculares. Ao fazer o exame físico, apresenta: PA: 160 mmHg× 60 mmHg, ritmo cardíaco em dois tempos, com sopro diastólico 3+/4 no segundo espaço intercostal, linha hemiclavicular à direita. O eletrocardiograma da paciente revela sobrecarga ventricular esquerda.

Com base nesse caso clínico, julgue os itens subsequentes.

Há evidências de que o TE não é uma ferramenta adequada para a avaliação da capacidade funcional e da resposta sintomática dessa paciente.

  • C. Certo
  • E. Errado