Medicina Especialidade Cardiologia

Segundo a classificação da OMS, as miocardiopatias são divididas em três grandes grupos: dilatada (congestiva), restritiva e hipertrófica. Para seu diagnóstico diferencial, é correto afirmar que a miocardiopatia

  • A.

    dilatada apresenta como sintomas dispneia, palpitações e angina.

  • B.

    restritiva apresenta como sintomas IC esquerda, fadiga e fraqueza, embolia pulmonar e sistêmica.

  • C.

    hipertrófica apresenta no exame físico cardiomegalia moderada a leve, presença de B3, sopro de regurgitação.

  • D.

    dilatada apresenta no ECG taquicardia sinusal, arritmias atriais e ventriculares, distúrbios da condução intraventricular, áreas eletricamente inativas.

  • E.

    restritiva apresenta no ECG sobrecarga atrial esquerda, hipertrofia ventricular esquerda, anormalidades de onda T, segmento ST e ondas Q.