Medicina Especialidade Cirurgias Cirurgia Buco-Maxilo Facial

Considerando a conduta de avaliação e tratamento de um paciente com trauma facial severo, assinale a alternativa correta.

  • A.

    É importante promover a hemostasia do paciente que sofreu o trauma, e a conduta inicial é suturar as regiões com danos ao tecido mole.

  • B.

    A exploração cirúrgica e o tamponamento da ferida sobre anestesia geral são contraindicados, uma vez que não existe a colaboração do paciente.

  • C.

    Lacerações que envolvem o couro cabeludo são fáceis de controlar com pressão de compressa de gaze.

  • D.

    Devido à rica vascularização da face, existe “hora dourada” para o reparo de feridas faciais com sutura, assim a cicatrização de feridas faciais é afetada pelo maior tempo entre dano e reparo.

  • E.

    É preferível atrasar os reparos de tecido mole até que as fraturas faciais sejam estabilizadas, exceto em grandes avulsões de tecidos moles, onde a reconstrução é imediata.