Medicina Especialidade Cirurgias Cirurgia de Cabeça e Pescoço

Texto para as questões de 31 a 35

Um paciente tabagista e etilista de longa data foi à consulta ao otorrinolaringologista, devido à dor de ouvido e uma discreta dificuldade de abrir a boca. Ao examinar o ouvido do paciente, o médico nada encontrou de anormal, porém, ao exame clínico minucioso, percebeu um tumor na loja amigdaliana direita, com 2,5 cm no seu maior diâmetro, com trismo presente, e um linfonodo cervical do mesmo lado, com 2 cm. A biópsia revelou ser um carcinoma epidermoide.

Considere que, no processo de carcinogênese do tumor desse paciente, tenha ocorrido uma alteração genética, uma mutagênese devido a uma alteração no gene. Nessa situação, é possível verificar

  • A.

    quebras cromossômicas e translocações.

  • B.

    introdução de partículas químicas exógenas nas células.

  • C.

    introdução de DNA no interior das células.

  • D.

    uma ação efetiva do P53.

  • E.

    alteração localizada simples na sequência de nucleotídeos.