Medicina Especialidade Cirurgias Cirurgia de Cabeça e Pescoço

Texto para as questões 43 e 44

Uma menina com dez anos de idade foi atendida no consultório com história de aumento da região parotídea (préauricular) direita. A mãe relatou que a alteração apareceu uma semana após sua filha ter contraído um resfriado. No exame físico, foi constatado que a alteração verificada na paciente é um tumor elástico e indolor.

Considere uma história clínica semelhante à descrita acima, contudo sem os antecedentes de IVAS. Desse modo, assinale a opção em que são apresentados, respectivamente, os prováveis diagnósticos; o(s) exame(s) de eleição para a confirmação diagnóstica e estadiamento e a primeira conduta a ser tomada pelo médico, nesse caso.

  • A.

    hemangioma, linfangioma, cisto branquial; ultrassom e tomografia computadorizada com contraste ou ressonância magnética com contraste; observar o hemangioma, podendo ou não operar o linfangioma e operar o cisto branquial.

  • B.

    hemangioma, coloboma; tomografia computadorizada com contraste ou ressonância magnética; observar o hemangioma, podendo ou não operar o coloboma.

  • C.

    hemangioma, cisto branquial e coloboma; tomografia computadorizada com contraste; observar o hemangioma, podendo ou não operar o cisto branquial e o coloboma.

  • D.

    hemangioma, cisto branquial; ressonância magnética; observar o hemangioma, e operar o cisto branquial.

  • E.

    higroma cístico, linfangioma, cisto branquial; ultrassom; observar o higroma cístico, o linfangioma e operar o cisto branquial.