Medicina Especialidade Cirurgias Cirurgia de Cabeça e Pescoço

Texto para as questões de 55 a 58

Um paciente tabagista e etilista de longa data chegou a um serviço de cirurgia de cabeça e pescoço com queixa de uma lesão ulcerada, com três meses de evolução, com infiltração aos planos profundos (musculatura da língua), bordas elevadas e fundo necrótico, situada na borda lateral da língua e assoalho, medindo 4,5 cm no maior eixo, sem ultrapassar a linha média, porém atingindo a base da língua, com a mobilidade da língua diminuída. No exame clínico do pescoço, não havia linfonodos patológicos.

Com base nesse caso clínico, assinale a opção em que é apresentada a abordagem mais completa para esse paciente, no que se refere a estadiamento e diagnóstico clínico e laboratorial.

  • A.

    exame físico; biópsia incisional da lesão de língua

  • B.

    exame físico; tomografia computadorizada com contraste de cavidade oral e pescoço; raio X de tórax; biópsia excisional da lesão de língua

  • C.

    exame físico; videonasofaringolaringoscopia; tomografia computadorizada com contraste de cavidade oral e pescoço; raio X de tórax; biópsia incisional da lesão de língua

  • D.

    exame físico; laringoscopia direta; tomografia computadorizada sem contraste de cavidade oral; biópsia incisional da lesão de língua

  • E.

    exame físico; videonasofaringolaringoscopia; tomografia computadorizada com contraste de cavidade oral e pescoço; biópsia excisional da lesão de língua