Medicina Especialidade Cirurgias Cirurgia de Mão

Com relação à epidemiologia, ao quadro clínico e ao manuseio da fratura distal do rádio, assinale a alternativa incorreta.

  • A.

    As fraturas da extremidade distal do rádio representam um sexto das que acometem os pacientes acima de 50 anos de idade.

  • B.

    Muitas das fraturas distais do rádio podem ser tratadas com redução incruenta e imobilização com aparelho gessado.

  • C.

    A osteossíntese com fios percutâneos tem sido utilizada nas fraturas da extremidade distal do rádio, tanto como tratamento único quanto como complemento do fixador externo.

  • D.

    No tratamento das fraturas distais do rádio fios percutâneos também podem ser utilizados, como joystick, na redução e fixação de pequenos fragmentos intra-articulares, conduzindo esses ossos para a posição de redução.

  • E.

    O ramo sensitivo do nervo radial, quando lesado, geralmente não leva à dor.