Medicina Especialidade Cirurgias Cirurgia Pediátrica

A maior parte dos tumores sólidos abdominais da criança tem uma apresentação silenciosa, com aumento do volume do abdome e tumor palpável. O diagnóstico diferencial faz-se principalmente por exames de imagem e sintomas clínicos intermitentes, presentes ou não. A respeito dos tumores abdominais pediátricos, assinale a alternativa correta.

  • A.

    A associação com anomalias congênitas é extremamente útil para determinação de formas hereditárias do tumor de Wilms. As anomalias geniturinárias são as mais frequentes, e o rim em ferradura corresponde a aproximadamente 50% delas.

  • B.

    A cirurgia exclusiva nos neuroblastomas é essencialmente procedimento curativo, desde que a remoção seja completa e o tumor seja localizado. Isso é válido qualquer que seja a idade da criança, com ou sem existência de doença residual microscópica.

  • C.

    Ressecção incompleta de volumosos adenocarcinomas de suprarrenal associada à quimioterapia com mitotane, droga que bloqueia a liberação de hormônios pelo tumor, aumenta os índices de sobrevida mantendo-os próximos aos índices obtidos com a ressecção completa do tumor.

  • D.

    Nos tumores do córtex da adrenal, a manifestação clínica de síndrome de Cushing isolada corresponde a aproximadamente 40% dos casos.

  • E.

    Pacientes portadores de ganglioneuroblastoma abdominal e que apresentam diarreia crônica, hipopotassemia e distensão abdominal podem ter seus sintomas controlados após a remoção do tumor.