Medicina Especialidade Cirurgias Cirurgia Plástica

O melanoma cutâneo é um tumor maligno decorrente da transformação atípica dos melanócitos, geralmente, ao nível da junção dermoepidérmica. Sobre os melanomas cutâneos podemos afirmar:

  • A.

    Representa um pequeno percentual dos tumores malignos cutâneos, mas é o principal responsável pelas mortes causadas por eles;

  • B.

    Os tipos de pele III e IV da classificação de Fitzpatrick e Patch são considerados fatores de risco;

  • C.

    O tratamento conservador com quimioterapia (Cisplatina) tem se mostrado como uma excelente alternativa para o tratamento dos melanomas primários com espessuras menores que 1mm;

  • D.

    Quimioterapia tem se mostrado útil nos casos de metástases ósseas e cerebrais, conseguindo índices de cura de até 40%.